Enter the Shadows (1992-93) e a consolidação do gótico paulistano

Sou DJ, produtor de eventos, arquiteto frustrado… ex-gótico!

O Projeto Trashland continua a entrevistar os expoentes da cena gótica paulista, reunindo documentos e depoimentos que contam sua história e ajudam a preservá-la. A cada nova entrevista, selecionaremos um pequeno trecho e o publicaremos aqui, como amostra do que está por vir.

O vídeo deste post traz um trecho da entrevista cedida pelo DJ Tonyy, mais especificamente os trechos nos quais ele comenta o zine Enter the Shadows, peça seminal na consolidação da subcultura gótica paulista.

Ativo entre agosto de 1992 e maio de 1993, o zine teve cinco edições que ajudaram a definir o “cânone” gótico paulistano e o modo como a a subcultura era vista por seus próprios integrantes.

Como se não bastasse, Tonyy vem trabalhando como DJ desde 1985 (começando como convidado em casas como Ácido Plástico e Estação Madame Satã e depois como residente em casas como Treibhaus, Vírus e Armageddon). Várias de suas iniciativas merecem menção: o Projeto Black Sundays organizou eventos de caráter mais cultural e lançou coletâneas indispensáveis em K7vinil e CD, enquanto o Projeto Pandora (do qual Tonyy foi cofundador) levava bandas, exposições, zines e performances ao Madame Satã Night Club.

Atualmente, ele está à frente da Trash 80’s (festa que lhe rendeu a pecha de “ex-gótico”, algo de que ele sempre se lembra entre gargalhadas) e da Neon Lights (que mescla hits dos anos 80 e bandas atuais). Como músico, Tonyy foi vocalista das bandas Arcane e Der Kalte Stern.

O zine

Naquela época em que circulavam mais lendas do que informações a respeito das principais bandas góticas, o Enter the Shadows apresentava biografias extensas. As canções que os DJs consagravam nas pistas tinham suas letras estampadas e traduzidas, e resenhas de material lançado havia poucos meses ajudavam a atualizar o repertório dos leitores.

Além disso, havia uma preocupação genuína em fortalecer os pilares conceituais da cena, muitas vezes estabelecendo distinções entre o gótico e o punk, do qual a subcultura se originou. Entre os exemplos dessa postura, poderíamos citar a opção pelas expressões “gothic tendencies” e “universo gótico” em vez de “movimento gótico” e as soluções gráficas: impressão em offset em vez de fotocópia e diagramação computadorizada em vez da fórmula “máquina de escrever, tesoura e cola”.

Já se passaram quase 20 anos desde seu lançamento, e a cada ano fica mais difícil encontrar coleções completas e exemplares em boa qualidade, razão pela qual decidimos digitalizar as cinco edições do zine e disponibilizá-las por aqui. Trata-se de um presente às novas gerações e um tributo à cena gótica paulistana, que agora poderá revisitar um de seus maiores patrimônios.

Entrevista

Download

Enter the Shadows – Gothic Tendencies Magazine – número 1 (PDF, 18,4 MB)
(folheie a primeira edição)
Enter the Shadows – Gothic Tendencies Magazine – número 2 (PDF, 25,3 MB)
Enter the Shadows – Gothic Tendencies Magazine – número 3 (PDF, 40,3 MB)
Enter the Shadows – Gothic Tendencies Magazine – número 4 (PDF, 30,5 MB)
Enter the Shadows – Gothic Tendencies Magazine – número 5 (PDF, 59,0 MB)

Anúncios

~ por Cid Vale Ferreira em 06/02/2012.

30 Respostas to “Enter the Shadows (1992-93) e a consolidação do gótico paulistano”

  1. Sensacional! Eu tava presente no lançamentos dos zines! Foi a melhor época da minha vida!

  2. Muito legal! Parabéns pela iniciativa!

  3. Foi uma época mágica mesmo, Fábio!

    Valeu, Daniel!

    Espero conseguir lançar os próximos em breve. Tem bastante coisa legal engatilhada aqui!

  4. Legal a entrevista, dá gosto de ver a mentalidade que o tonyy tinha em relação a disseminação de conteúdo na cena….ele bem que poderia digitalizar estes zines e soltar na net, poderia não, deveria! rs

  5. Parabéns Cid pela iniciativa, muito bacana. Achei até que a entrevista poderia ser bem mais longa. O Tonyy foi quem nos deu a primeira oportunidade de tocar em Sampa em 93 no Armageddon, quando ele era DJ por lá. Valeu!

  6. Ótimo trabalho Cid….A contribuição do Tonyy dispensa comentários. Adorei a digitalização dos Enter The Shadow…Faltavam dois volumes para minha coleção, mas nada como ter todos em formato digital, pq os meus já começam a sofrer a ação do tempo…
    abraço

  7. lindo e fantástico 🙂 compartilhar é tudo

    amplexos amplos e osculinhos escuros 🙂

  8. Cid, fez muito bem em digitalizar isso. Embora eu ainda tenha muitos zines daquela época, não tenho comigo nenhum Enter the Shadows, foram perdidos em alguma mudança.

    No tentanto, ainda tenho as coletâneas em mp3, se bem que não deve sertnao difícil encontrar por ai. Se um dia quiser digitalizar as muitas coletâneas musicais que ainda tenho, me avise.

    Abs!

  9. O Tonyy sempre teve o compromisso de divulgar todas as tendências do estilo Gótico.
    Lembro até hoje quando ele foi no Zensor em Julho/1990 divulgar as músicas que ele tocava na Treibhaus e tocou músicas que seria impossível tocar em qualquer FM da época, mesmo assim sem a preocupação de que alguém do outro lado gravasse e tocasse em alguma casa noturna ele tocou músicas como On The Wire – Sisters of Mercy, The Impossible Mission – Alien Sex Fiend, The Fatal Impact – Dead Can Dance, Negative Nein – Einstuerzende Neubauten entre outras isso sem soltar vinheta nenhuma para atrapalhar os ouvintes que queriam gravar.
    Vale lembrar que bandas como Project Pitchfork e Das Ich foram apresentadas por ele no Rough(programa da 97 FM), enfim muitas bandas, muita informação e cultura underground foram compartilhadas naquela época.

    Valeu

  10. Parabéns Cid e Equipe pela pesquisa e interesse no material apresentado.

    Eu ainda tenho as minhas 5 edições guardadas, além dos citados discos (LP,CDs) já os K7 se foram…

    Foi um período muito bom, quem viveu sabe.

    Agora temos que prestigiar quem ainda faz o esforço para manter a cena, os projetos e as casas que continuam enaltecendo a cena under-dark de São Paulo.

    Tenho como sugestão para futuros vídeos o Enéas, o Ricardo Bola, o Ivan entre outros que tanto foram fundamentais e merecem o devido reconhecimento pela nossa geração.

    Abr e parabéns.

  11. Concordo com o nosso amigo.
    O Ivan é uma pessoa que se envolve e muito com este estilo musical e vêm há muitos anos lutando para manter este estilo de som vivo num país onde o modismo impera soberano e ainda ele supera vários obstáculos para manter a sua loja como ponto de referência para cena gótica, façam uma matéria com ele.

    Abraços

  12. Cid

    Parabéns pela postagem com a disponibilização das edições do Enter the shadows, um trabalho belíssimo elaborado por um batalhador, por vezes incompreendido, chamado Tonyy… o que o Tonyy e outros nomes da época fizeram pelas verdadeiras “gothic tendencies” é de um valor imensurável, que, só quem “viveu a época” sabe… é muito bom saber que espaços como este e o blog do Rod preservam nossa pobre ( e por que não dizer ingrata ) memória, nos emocionando com seu conteúdo repleto de sadia nostalgia. Muito obrigado!

    William

  13. Cade a parte 5?????????/ pfv, poste logo. ansioso.
    obg.

  14. Muito bacana vcs terem disponibilizado quase todos os números deste zine, que foi, sem sombra de dúvidas o mais importante para a cena goth, dois desses, o 3 e o 4 eu possuo, mas o 3 já não tem mais nem a capa…rsss Atualmente o Tonyy tem discotecado na Trash 80’s e as vezes no Projeto Alquimia, que se realiza na Confraria São Pedro, projeto esse que tem feito bastante sucesso no circuito underground…abç

  15. Primeiramente muito obrigado por disponibilizar esses zines que que com certeza fazem parte da minha formacao musical e cultural com referencia ao alternativo(dark) …Bons tempos de Morcegovia, Urbania, armagedon, Retro, umbral… eu consegui abrir os arquivos porem nao consegui salvar nehum deles na minha maquina… esta havendo algum erro? abraco e parabens

    • Hm, que estranho! Fiz um teste aqui e deu tudo certo. Não sei qual é o sistema operacional que você usa, mas cliquei com o botão direito do mouse e pedi para “Salvar link como…” e deu tudo certo. Boa sorte!

  16. Muita gente acha legal a idéia de digitalizar, mas daí a transformá-la em realidade é outra coisa, além disso, é patrimônio cultural, e isso tem valor inestimável, incluo o documentário que ainda está sendo feito. Merecidos parabéns à você por isso.

  17. Me faltou apenas o número 1 para eu completar a coleção e agora após 20 anos finalmente estou lendo essa edição em pdf, eu sabia que um dia iria conseguir, valeu amigos.

  18. Achei muito legal rever por aqui uma serie de assuntos ligados ao gotico daquela época.
    Gostaria de ver algo com a DJ Polly, pois pra minha geração ela foi desde Armageddom muito firmeza e quem viveu sabe.
    Ela influenciou muitas garotas na época.

    Parabens, muito legal. Que ideia boa relembrar o tudo isso. Melhor época da vida.

  19. Acompanhei tudo de pertinho, e influênciado pelo zine Enter The Shadows começei a editar o meu também (http://tinyurl.com/6mqeqrp). Època mágica. As coletânias do projeto eram a chave para o conhecimento, Lembro-me que comprava os originais e gravava as fitinhas K7 pros amigos. Diversas bandas eu conhecí por ali. Bom relembrar tudo isso.

  20. Onde encontrar as músicas da banda Arcane?

  21. Olá velho amigo. Velhos tempos. Ou melhor bons tempos. 1990 a 1996 creio que foi a melhor epoca da minha vida. Tenho certeza que vc colaborou e muito com as divulgações destas bandas na época. Mecano, Opera, Two Witches. Tenho meu LP guardado ate hj do projeto black sundeys volume 1 . Reliquea guardada a 7 chaves. Me lembro do show do Opera no teatro Mars. Que depois a banda inteira desceu pro madame satã. Vc lembra disso. O show do Two Witches no espaço Retro. Momentos inesqueciveis. Sou de Santo André SP. Me lembro qd vc organizava festas para estes lado do ABC. Aqui tb haviam muitas casa noturnas do estilo darkwave. Frequentei todas mas não se igualavam com as de SP da época. Forte abraço aos velhos e novos goticos do ABC e de SP.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: